Meu melhor amigo

16 Ago

Foi no jardim de infância que Dorinha conheceu Rodolfo. Fizeram o primeiro e o segundo graus na mesma escola e prestaram juntos vestibular para Medicina. Ela se especializou em Pediatria e ele, em Cardiologia. Durante todos esses anos de amizade apresentavam-se assim: “Essa é a Dorinha, minha melhor amiga, minha irmã”, ou então “Esse é Rodolfo, meu amigo de infância, meu segundo irmão”. Um foi padrinho de casamento do outro quando se casaram. Um foi ombro e colo do outro quando se separaram. Conheciam-se profundamente e bastava um olhar, um tom de voz diferente para um saber o que o outro estava sentindo. Dividiam segredos, anseios e preocupações na vida íntima e profissional. Diversas vezes Dorinha apresentou amigas para Rodolfo, achando que poderiam ser candidatas a ganhar seu coração. Rodolfo fazia o mesmo.

Os anos foram passando, os dois casaram de novo, descasaram, tiveram filhos, namoraram. Até que chegou o aniversário de 40 anos de Dorinha, e ela resolveu dar uma megafesta para todos os amigos na fazenda dos avós, onde tinha passado tantas férias. Só Rodolfo, inacreditavelmente, não estaria presente. Estava havia alguns meses em Boston, fazendo um curso de especialização, e só voltaria ao Brasil depois de um ano.

A festa foi um sucesso. Dorinha, totalmente solteira, se acabava na pista, feliz de estar fazendo 40 e ainda se sentir tão jovem, tão disponível. De repente, uma mão tapou seus olhos e ela ouviu: “Adivinha quem é?”

Quando abriu os olhos, não acreditou: seu amigo de fé, seu irmão camarada estava ali! Tinha vindo passar o fim de semana no Brasil só para estar presente no aniversário dela. Não se sabe se foi o champanhe, a animação, as saudades ou um pouco de tudo isso, mas o fato é que pela primeira vez, Dorinha viu Rodolfo como um homem. E que homem! Era lindo, charmoso e tinha um sorriso igual àquele de quando era criança.

Sem pensar duas vezes, Dorinha tascou-lhe um beijo na boca. A festa parou. Até o DJ mudou o som: botou uma música lenta e suavizou a luz. Rodolfo levou dois segundos e meio para entender o que não tinha entendido a vida toda. Eles se amavam loucamente e nunca tinha se permitido sentir isso, por vergonha ou por medo de perder a coisa mais preciosa que um ser humano pode ter: amigos de verdade. Mas, aos 40, a vida vai ficando menor, e a sabedoria, maior.

Entendendo isso, os dois foram se beijando até a capela da fazenda onde tantas vezes haviam brincado de casamento. Usando lençóis da cama da avó  como véu e um pé de maria-sem-vergonha como buquê, entraram na igreja, exatamente como tinham feito tantas vezes na infância. Depois, se ajoelharam na frente da imagem de Nossa Senhora da Conceição e juraram amor eterno um ao outro. Não se tem notícia de uma cerimônia de casamento tão inesperada, emocionante e verdadeira. Os convidados, que a essa altura já enchiam a igreja, se emocionaram quando o DJ mixou a música eletrônica que animava a festa com Coro Nupcial da ópera Lohegrin, de Wagner. Sob uma salva de palmas, lágrimas e gritos de parabéns, consideraram-se casados e felizes para sempre.

P.S.: Texto escrito por Patrycia Travassos, retirado da revista Marie Claire.

                                                                                                Xoxo,

                                                                                                          Nanda! 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

paulapasquali.wordpress.com/

Tendências, notícias e cultura pop com informações atualizadas de uma forma simples e perspicaz do que está em voga por aí!

OiCarolina

The girl of 5th avenue

niinasecrets.wordpress.com/

secret tips you find here !

latinosamericanos

Just another WordPress.com site

Ponto de vista adolescente

Young, wild and free.

%d bloggers like this: