Hits do Carnaval 2013

6 Fev

Tava querendo fazer esse post há um tempão, mas a preguiça não tava permitindo, mas agora não tem como adiar, considerando que o Carnaval começa amanhã. Sendo assim resolvi trazer as músicas que são os hits do Carnaval 2013. Enjoy!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Qual dessas vocês preferem?

 

         Xoxo,

                                                                            Nanda!

Playlist do fim de semana!

25 Jan

Há quanto temponão posto na tag “Playlist da semana”? Dessa vez resolvi mudar para “playlist do fim de semana”, que é uma seleção de músicas que tenho ouvido esses dias para vocês ouvirem no fim de semana. Tem de variados estilos musicais, então creio que apenas de uma das músicas vocês irão gostar. Enjoy!

Quem quiser deixar sugestões de músicas nos comentários, fique à vontade!

       Xoxo,

                                                                                                      Nanda!

A trilha sonora do filme Django Livre

23 Jan

Segunda-feira tive o prazer de assistir o novo filme do Quentin Tarantino “Django Livre” e como era de se esperar o filme é muito bom e como sempre Quentin trouxe uma trilha sonora excelente e muitas cenas violentas.  A lista de músicas inclui faixas originais, além de James Brown e Ennio Morricone.

Django Livre retrata a história de Django (Jamie Foxx), um escravo que é liberto e fica sob a tutela de um caçador de recompensas alemão (Christoph Waltz), que o ajuda a encontrar e libertar a sua esposa (Kerry Williams) das  do fazendeiro Calvin Candie (Leonardo DiCaprio). A classificação etária do filme é de 16 anos.

Me apaixonei pelo óculos do Django

Considerando que amei a trilha sonora, resolvi trazer para vocês, é só clicar aqui para ouvir.

Iai, já assistiram Django? Pretendem assistir? O que acharam da trilha sonora?

                                                                     Xoxo,

                                                                                 Nanda!

 

 

 

Trecho do livro do desassossego

22 Jan

9kgl6mki6-e_large

Só hoje tomei coragem para fazer meu primeiro post do ano, tava com preguiça de tudo, por isso meio que abandonei aqui e algumas redes sociais. Mas agora voltei, e dessa vez é pra ficar, resolvi trazer um trecho do livro que estou lendo atualmente “O livro do desassossego” de Fernando Pessoa, que eu li e gostei muito. Enjoy!

“Se alguma coisa há que esta vida tem para nós, e, salvo a mesma vida, tenhamos que agradecer aos Deuses, é o dom de nos desconhecermos: de nos desconhecermos a nós mesmos e de nos desconhecermos uns aos outros. A alma humana é um abismo obscuro e viscoso, um poço que se não usa na superfície do mundo. Ninguém se amaria a si mesmo se deveras se conhecesse, e assim, não havendo a vaidade, que é o sangue da vida espiritual, morreríamos na alma de anemia. Ninguém conhece outro, e ainda bem que o não conhece, e, se o conhecesse, conheceria nele, ainda que mãe, mulher ou filho, o íntimo, metafísico inimigo.

Entendemo-nos porque nos ignoramos. Que seria de tantos cônjuges felizes se pudessem ver um na alma do outro, se pudessem compreender-se, como dizem os românticos, que não sabem o perigo – se bem
que o perigo fútil – do que dizem. Todos os casados do mundo são mal casados, porque cada um guarda consigo, nos secretos onde a alma é do Diabo, a imagem subtil do homem desejado que não é aquele, a figura volúvel da mulher sublime, que aquela não realizou. Os mais felizes ignoram em si mesmos estas suas disposições frustradas; os menos felizes não as ignoram, mas não as conhecem, e só um ou outro arranco fruste, uma ou outra aspereza no trato, evoca, na superfície casual dos gestos e das palavras, o Demónio oculto, a Eva antiga, o Cavaleiro e a Sílfide. A vida que se vive é um desentendimento fluido, uma média alegre entre a grandeza que não há e a felicidade que não pode haver. Somos contentes porque, até ao pensar e ao sentir, somos capazes de não acreditar na existência da alma. No baile de máscaras que vivemos, basta-nos o agrado do traje, que no baile é tudo. Somos servos das luzes e das cores, vamos na dança como na verdade, nem há para nós – salvo se, desertos, não dançamos – conhecimento do grande frio do alto da noite externa, do corpo mortal por baixo dos trapos que lhe sobrevivem, de tudo quanto, a sós, julgamos que é essencialmente nós, mas afinal não é senão a paródia íntima da verdade do que nos supomos. Tudo quanto fazemos ou dizemos, tudo quanto pensamos ou sentimos, traz a mesma máscara e o mesmo dominó. Por mais que dispamos o que vestimos, nunca chegamos à nudez, pois a nudez é um fenómeno da alma e não de tirar fato. Assim, vestidos de corpo e alma, com os nossos múltiplos trajes tão pegados a nós como as penas das aves, vivemos felizes ou infelizes, ou nem até sabendo o que somos, o breve espaço que nos dão os deuses para os divertirmos, como crianças que brincam a jogos sérios).
         Um ou outro de nós, liberto ou maldito, vê de repente – mas até esse raras vezes vê – que tudo quanto somos é o que não somos, que nos enganamos no que está certo e não temos razão no que concluímos justo. E esse, que, num breve momento, vê o universo despido, cria uma filosofia, ou sonha uma religião; e a filosofia espalha-se e a religião propaga-se, e os que crêem na filosofia passam a usá-la como veste que não vêem, e os que crêem na religião passam a pô-la como máscara de que se esquecem.
         E sempre, desconhecendo-nos a nós e aos outros, e por isso entendendo-nos alegremente, passamos nas volutas da dança ou nas conversas do descanso, humanos, fiiteis, a sério, ao som da grande orquestra dos astros, sob os olhares desdenhosos e alheios dos organizadores do espectáculo.
         Só eles sabem que nós somos presas da ilusão que nos criaram. Mas qual é a razão dessa ilusão, e por que é que há essa, ou qualquer, ilusão, ou por que e que eles, ilusos também, nos deram que tivéssemos a ilusão que nos deram – isso, por certo, eles mesmos não sabem.”

Feliz ano novo para vocês beeeem atrasado. Fiquem a vontade para mandar sugestão de posts!

                                                                                        Xoxo,

                                                                                                     Nanda!

Looks para o ano novo

30 Dez

229994_530901543594336_939172179_n_large

Já começou oficialmente a contagem regressiva para 2013, afinal hoje é o penúltimo dia do ano! O ano novo vem acompanhado com a oportunidade de colocar pontos finais em pendencias, iniciar novas histórias e descobrir novos caminhos nesses novos 365 dias que nos serão dados. Sendo assim, você não vai querer iniciar o ano com o look feio né?

Por isso, trouxe vários looks para vocês se inspirarem na hora de se vestir. Claro que vocês devem levar em conta o local que vão passar o ano novo: Praia, festa, em casa com a familia…

Trouxe alguns looks coloridos, mas na sua maioria os looks tem um toque de branco ou são totalmente brancos. Enjoy! 

1825465_storets3.jpg_effected_large

Tumblr_m8vl5wxmms1r7dttno1_500_large

Vão passar ano novo aonde?

 

        Xoxo,

                                                                                     Nanda!

7 livros para ler nas férias

27 Dez

Agora que as férias tão desejadas chegaram e temos bastante tempo livre, nada melhor do que passar o tempo lendo um bom livro. Sendo assim resolvi fazer esse post para trazer sete livros que eu recomendo e que eu pretendo ler também, pra vocês lerem nas férias. Confiram a listinha abaixo!

O Livro do Desassossego – Fernando Pessoa

O Livro do Desassossego é na verdade o livro que estou lendo atualmente e eu estou encantada por esse livro, que é uma das maiores obras do Fernando Pessoa. Esse livro diferente da maioria é fragmentado e tem como narrador principal Bernardo Soares é a obra de Fernando Pessoa que mais se aproxima de um romance, e ao longo do livro fala de diferentes temas, como paixão, moral e estado psíquico. Resolvi deixar pra vocês um trecho do fragmento 94:

“Viver é ser outro. Nem sentir é possível se hoje se sente como ontem se sentiu: sentir hoje o mesmo que ontem não é sentir – é lembrar hoje o que se sentiu ontem, ser hoje o cadáver vivo do que ontem foi a vida perdida.

Apagar tudo do quadro de um dia para o outro, ser novo com cada nova madrugada, numa revirgindade perpétua da emoção – ist0 é, só isto, vale a pena ser ou ter, para ser ou ter o que imperfeitamente somos.”

Manuscrito encontrado em Accra – Paulo Coelho

Não sei se já falei aqui, mas um dos meus escritores nacionais favoritos é sem dúvida o Paulo Coelho e dessa vez ele escreveu um livro que mistura realidade e ficção e traz um convite à reflexão sobre nossos princípios e nossa humanidade. Olivro aborda temas como: conhecimento, fracasso, solidão, propósito, mudança, amor, coragem, amizade, fé, esperança e lealdade.

Paulo consegue transmitir através dessa obra ensinamentos para as pessoas, mostra que todo homem tem a versão boa e a ruim e cabe a ele escolher qual delas vai seguir. Um trecho do livro para vocês ficarem com gostinho de quero mais:

“Ame. Não falo aqui apenas do amor por outra pessoa. Amar significa estar disponível para os milagres, para as vitórias e derrotas, para tudo o que acontece durante cada dia que nos foi concedido caminhar sobre a face da Terra.”

Depois dos Quinze – Quando Tudo Começou a Mudar – 

Bruna Vieira

Esse livro com certeza não poderia faltar aqui nessa lista, afinal Bruna Vieira é uma grande inspiração para mim, na verdade por causa do blog dela eu tive coragem de criar o meu e eu fiquei muitisso feliz pelo fato dela ter realizado o sonho dela de lançar um livro de crônicas. Confesso que ainda não li o livro, porque tenho uma pilha de livros para ler e vou lendo na ordem em que eu comprei, portanto não posso dizer muito, mas pelo o que eu vi das pessoas falando o livro é maravilhoso e quando se começa a ler não dá vontade de parar. Um trechinho para vocês ficarem com vontade de ler logo:

“Não importa quantos segredos foram revelados, ninguém neste mundo sabe mais sobre você do que você mesmo. O que aconteceu fora nem importa tanto assim. A história muda cada vez que é contada, mas não quando é vivida. Lembre-se, as folhas que faltam ainda estão em branco, e só você tem a caneta que realmente funciona.”

Pequenas Epifanias – Caio Fernando Abreu

Sou apaixonada por Caio F. Abreu, sem mais. Sério, ele tem uma maneira incrível de escrever e tocar o coração das pessoas, sempre me surpreende. Nesse livro não é diferente ele demonstra verdades da nossa vida, de uma maneira poética, mostra sentimentos, emoções de um jeito magnifico.

O livro na verdade é formado de crônicas publicadas em jornais por Caio. Na Saraiva a sinopse do livro é: “Epifania é a expressão religiosa empregada para designar uma manifestação divina. Por extensão, é o perceber súbito e imediato de uma realidade essencial, uma espécie de iluminação. As crônicas escritas por Caio Fernando Abreu retêm essa qualidade.” Achei a descrição do livro nessa sinopse tão boa que resolvi colocar aqui. E pra quem ainda não leu o livro, deixo um trechinho:

“Pensamentos matinais, desgrenhados, são frágeis como cabelos finos demais que começam a cair. Você passa a mão, e ele já não está mais ali – o fio. No travesseiro sempre restam alguns, melhor não olhar para trás: vira-se estátua de cinza. Compacta, mas cinza. Basta um sopro. Pensamentos matinais, cuidado, são alterados feito um organismo mudando de fuso horário. Não deveria estar ali naquela hora, mas está. Não deveria sentir fome às três da tarde, mas sente. Não deveria sentir sono ao meio-dia, mas. Pensamentos matinais são um abrupto mas com ponto final a seguir. Perigosíssimos. A tal ponto que há risco de não continuar depois do que deveria ser uma curva amena, mas tornou-se abismo.”

Um Lugar Na Janela – Martha Medeiros

Em “Um Lugar Na Janela” a cronista Martha Medeiros relata as melhores lembranças de viajens que fez durante a vida.

“Com o mesmo estilo pessoal das crônicas, Martha Medeiros transmite aquilo que de melhor se leva de uma viagem: as recordações. É como deixar-se perder num lugar novo – pode ser uma mochilagem pela Europa, uma aventura em Machu Picchu, uma temporada no Chile, poucos dias no Japão – para depois se reencontrar consigo mesma.
Um lugar na janela é um convite para deixar de lado a comodidade do sofá, as defesas e embarcar junto com Martha. O bom viajante é aquele que está aberto a imprevistos, ou seja, a viver.”

Admito que ainda não li o livro, mas estou louca para ler, os livros da Martha são sempre sensacionais e sempre me deixam curiosa, suas palavras são sempre ideais, e ela escreve o tipo de livro que eu gostaria de escrever. Um trechinho do livro para vocês: 

“Viajando é que descobrimos nossa coragem e atrevimento, nosso instinto de sobrevivência e capacidade de respeitar novos códigos de conduta. Viajar minimiza preconceitos. Viajantes não têm partido político, classe social, time de futebol, firma reconhecida no cartório, senhas decoradas na cabeça. Reciclam-se a cada manhã, quando acordam – e acordam, que benção, sem a tirania do despertador.”

Danuza e sua visão de mundo sem juízo – Danuza Leão

Admito que começei a gostar de Danuza por causa de minha mãe, ela vive lendo Danuza e um dia resolvi ler também e acabei gostando bastante.Já indiquei um livro da Danuza aqui antes, e agora venho com outro, nessa obra você encontra crônicas divertidas, tristes, melancólicas. 

 O livro é constituído de  textos que Danuza escreveu para jornal , publicações e revistas, desde o seu primeiro livro, Na Sala com Danuza , lançado em 1992. Ainda não li o livro, portanto não posso dar a minha opinião, mas pelo o que eu vi parece ser um livro ótimo. Desse livro não colocarei nenhum trecho, porque não o tenho e também não encontrei nenhum trecho na internet.

A Viagem Vertical – Enrique Villa-Matas

O livro “A Viagem Vertical”, descreve o percurso de Federico Mayol, 77 anos, que vê sua vida mudar completamente depois da sua até então esposa pedir para ele ir embora de casa, pois não o suporta mais e descobre que  o seu filho mais velho, do qual ele se orgulhava, não passa de mais um frustrado na vida. A partir daí, ele começa a se questionar quem realmente é e começa com uma crise interior, resolve assim viajar em busca de si mesmo, sai de Barcelona e vai indo sempre a direção do sul, indo sempre verticalmente. Ele decide conhecer a si mesmo, renascer diante da proximidade da morte, mudar a sua vida nos últimos anos que possue e assim conhecer melhor a sua alma. Trecho do livro:

“Ao pensar tantas coisas, Mayol oscilava entre duas realidades contrapostas: o desespero e a alegria. Sabia que era mortal e isso, somado à injusta atitude de sua mulher, lhe causava desespero. Mas, por outro lado, sabia que triunfara sobre a morte, porque poderia perfeitamente já estar morto e no entanto vivia, o que lhe alegrava e o levara até a inventar para si uma Dulcinéia. Essa luta entre desespero e alegria constituía o núcleo principal da vida de Mayol.”

Já leram algum desses livros? Pretendem ler algum? Fiquem a vontade para deixar dicas de livros nos comentários!

 

       Xoxo,

                                                                                                   Nanda!

Sonzinho de quarta!

26 Dez

Rita Sahatçiu Ora mais conhecida como Rita Ora é uma cantora, atriz e compositora inglesa, que tem 22 anos e lançou seu primeiro álbum de estúdio intitulado “Ora” em 2012, que foi recebido muito bem pela critica e estreiou em número 1 nas paradas do Reino Unido. Rita namorada com Rob Kardashian mas rumores dizem que ela o traiu com Jonah Hill.

Rita Ora não faz sucesso apenas por suas músicas, ela também faz bastante sucesso no mundo da m0da, sendo muito comparada com Rihanna. Então aproveitei esse post pra fazer 2 em 1, em vez de mostrar as músicas, mostrar um pouco do estilo dessa nova sensação pop. 

Rita traz consigo uma excentridade nos looks, ela misturada um visual despojado junto com grandes tendências, mistura vários estilos e muitas vezes acaba funcionando. Resolvi trazer alguns looks para vocês verem com os próprios olhos.

7677135790_d296997cda_o_large

COMPARAÇÕES COM RIHANNA

Rita Ora vem sido bastante comparada com Rihanna, pelo fato de usar looks parecidos com os que Rihanna já usou e até mesmo pelo cabelo, como vocês podem ver nas fotos abaixo. 

 Sobre as comparações Rita disparou na Rollacaster Magazine: “Para ser franca, eu não estou nem aí. Minha música é diferente, cantamos de forma diferente, somos de diferentes partes do mundo”.

Abaixo algumas músicas da Rita pra vocês conferirem o som dela.

 

Iai curtem o som e o estilo da moça?

 

     Xoxo,

                                                                                    Nanda!

Playlist de Natal

25 Dez

Tumblr_mecnb0lkjb1r3qz1lo1_500_large

Sumi por uns dias mais uma vez, mas é porque aconteceram umas coisas aí, por isso fiquei sem vim aqui no blog, mas recebi uma boa noticia, como tinha dito eu tava na recuperação e dia 21/12 foi o resultado da recuperação e adivinhem? Passei! Ou seja, estou finalmente no último ano do ensino médio! Agora voltando ao tema do post resolvi trazer sete músicas de Natal que eu gosto, mas como o Natal propriamente dito já está acabando encarem esse post como playlist de fim de ano. Enjoy!

 

 

 

 

 

 

 

Qual dessas músicas vocês mais gostam?

 

 

                                                                                             Xoxo,

                                                                                                           Nanda!

                                                                                                         

Looks para o verão 2013

18 Dez

Tumblr_mf3cy3i2dk1r7f4epo1_400_large

No dia 21 de dezembro, se o mundo não acabar, irá começar oficialmente o verão.   Nessa época é recomendado o uso de roupas com tecidos mais leves, porque o calor muitas vezes se torna insuportável (aqui na Bahia é assim o ano todo) e nessa época as calças muitas vezes são deixadas de lado e os shorts, vestidos e saias são as peças predominantes. Então resolvi trazer para vocês looks para se inspirar na hora de se vestir nessa estação que está chegando.

1126029_p3062005_large

1915275_alana3_large

macy bar III LookBook Summer 2011

Qual desses looks vocês mais gostaram?

  Xoxo,

                                                                                         Nanda!

Looks para o Natal – Feminino

17 Dez

Tumblr_mf00ozriir1r63v8to1_500_large

Já estamos no último mês do ano e o Natal já está quase aí, por isso resolvi trazer looks para a ocasião pata vocês se inspirarem na hora de se vestirem, especialmente se vocês ainda não decidiram o que usar nessa data especial. Obviamente deve-se escolher a roupa de acordo com o seu estilo e de onde você irá passar o Natal.

Enjoy!

Zara Shirt, Bershka Skirt

Lou Lou Sequin Cardigan, H&M Shorts, Aldo Booties

1334929_lepoard_lookbook_copy_large

2079857_lookbook21_large

1954131_feb16lb3_large

 

Qual desses faz mais o seu estilo?

 

  Xoxo,

                                                                           Nanda!

Tendências, notícias e cultura pop com informações atualizadas de uma forma simples e perspicaz do que está em voga por aí!

OiCarolina

The girl of 5th avenue

secret tips you find here !

latinosamericanos

Just another WordPress.com site

Ponto de vista adolescente

Young, wild and free.

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 1.370 outros seguidores